Factos & Documentos

Nº 1733 - Outono 2015
Publicado em Factos e Documentos por: Revista Seara Nova (autor)

Subida do défice

"Portugal passou a ser o segundo País da União Europeia com o maior défice orçamental em 2014, só atrás de Chipre. Um ano antes, o País ocupava a oitava posição entre os 28 países da UE. De acordo com os dados ontem divulgados pelo Eurostat, Portugal fechou o ano com um défice de 7,2% do produto interno bruto, o que representa um agravamento de 2,4 pontos percentuais em relação ao ano anterior - um aumento que resultou da inclusão do Novo Banco nas contas públicas".

Eurostat

21 de Outubro de 2015

 

Acolhimento dos EUA

"Os Estados Unidos aceitarão em 2016 15.000 refugiados mais do que os previstos e, em 2017, 30.000 segundo anunciou ontem o Secretário de Estado, John Kerry. Os Estados Unidos acolheram cerca de 1.500 sírios desde o início do conflito em 2011, um número muito inferior ao da Europa".

El País

21 de Setembro de 2015

 

Islândia não deu ouvidos à UE

"O Presidente da Islândia, Olafur Ragnar Grimsson, atribui parte do sucesso da recuperação da Islândia ao facto do País não ter dado ouvidos aos organismos internacionais, especialmente à Comissão Europeia, que recomendavam a aplicação de medidas de austeridade para suportar a recuperação económica. O Presidente sublinhou que, no caso da Islândia, a União Europeia se equivocou. «Porque deveriam ter razão noutros casos?», acrescentou".

Jornal de Negócios

24 de Outubro de 2015

 

Carta a Francisco Assis

"Em minha opinião, a tua posição releva do manifesto preconceito que emana recorrentemente do pensamento doutrinário que perfilhas - o de que todo o posicionamento político formalmente à esquerda do PS decorre tendencialmente de uma atitude irresponsável... Creio, pois, pertencer-te a ti a posição menos construtiva, face a um eleitorado que quis maioritariamente a mudança. Insustentável posição pelo que representa de desistência e de subordinação aos ditames da direita".

Jorge Lacão

Diário de Notícias, 16 de Outubro de 2015

 

Não há apartheid

"Não, em Portugal não há apartheid e o Bloco de Esquerda e o PCP não são organizações criminosas, por muito que isso custe aos opinadores do Observador, e não é um crime falar com eles. São partidos com a mesma legitimidade (repito, para os mais duros de ouvido: a mesma) que os partidos da direita. Os seus militantes e dirigentes são cidadãos de pleno direito, como os dos partidos da direita. Os seus deputados são deputados de pleno direito, como os dos partidos da direita. E um voto na esquerda vale um voto, tal como um voto na direita.

José Vítor Malheiros

Público, 20 de Outubro de 2015

 

Reacções da direita "socialista"

"«Um governo minoritário do PS é politicamente pouco sustentável». Eurico Brilhante Dias, dirigente do PS.

«Querem um governo fraco do PS para derrubar quando for oportuno», Sérgio Sousa Pinto, dirigente do PS.

«Esses indivíduos do BE e do PCP não estão a ser sérios», José Lello, dirigente do PS.

«Eu não confio no BE nem no PCP para viabilizar o programa do PS», João Paulo Pedrosa, deputado do PS.

«Os eleitores que confiaram no PS não perdoarão uma troca dos seus votos por cargos de poder», Carlos Zorrinho, eurodeputado do PS.

«Uma aliança entre o PS e forças mais à esquerda não me parece possível», Francisco Assis, eurodeputado do PS.

«Será para o País um enorme desastre», Marçal Grilo, ex-ministro de António Guterres".

Jornal i

15 de Outubro de 2015

 

Manifestação gigante em Berlim

"Vindas de vários pontos da Alemanha, cerca de 250 mil pessoas desfilaram, dia 10, em Berlim contra os tratados de livre comércio entre os EUA e a União Europeia. Apesar do SPD (que integra a "grande coligação" com Angela Merkel) ser favorável ao Acordo de Parceria Transatlântica de Comércio e Investimento (TTIP, na sigla inglesa), a secção de Berlim defende uma posição contrária, tendo apelado à participação na manifestação... Na mesma semana a Iniciativa de Cidadania Europeia (ICE) «Stop TTIP» entregou na Comissão Europeia uma petição com 3,3 milhões de assinaturas, exigindo o fim das negociações".

Jornal Avante

15 de Outubro de 2015

 

Liberdade de imprensa

"Directiva europeia põe em causa a liberdade de Imprensa. Vai a aprovação em Novembro uma directiva para proteger os segredos comerciais que pode ser usada para acabar com o jornalismo de investigação".

Jornal i

20 de Outubro de 2015

 

Reformados perdem 220 euros

"Os reformados da Função Pública receberam, no ano passado, uma pensão média de 1.081,60 euros por mês. São menos 220 euros (-16,9%) do que um ano antes. A queda resulta das várias mudanças ao Estatuto da Aposentação que foram sendo feitas ao longo da última década, mas sobre tudo à alteração do cálculo que entrou em vigor em 2014 e que, de uma penada, cortou em 9 pontos percentuais a parcela mais relevante da pensão".

Jornal de Notícias

20 de Setembro de 2015

 

Tratados como animais

"Homens, mulheres e crianças - mais ou menos 150 pessoas - no interior de um armazém tentavam a todo o custo apanhar sacos com sanduíches atirados pela polícia húngara, que usava mascaras e capacetes. A cena foi filmada em segredo por Michaela, uma voluntária austríaca que esteve no principal campo de refugiados da Hungria, Roszke, na fronteira com a Sérvia. O Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados tinha criticado, no início da semana, as duras condições em Roszke. «Pareciam animais a ser alimentados num curral, uma Guantánamo na Europa», disse à Agência France Press o marido da volutária que partilhou o vídeo online. «Foi desumano e mesmo assim aquelas pessoas não lutaram pela comida apesar de estarem esfomeadas», afirmou Michaela.

Expresso

12 de Setembro de 2015

 

"Correr com sociais-fascistas"

"Um dos três textos que estiveram na origem da «suspensão» do secretário-geral do PCTP/MRPP, Luís Franco, e «dos membros do comité permanente do Comité Central» do partido - que em lado algum são identificados pelo nome - acusa-os de serem «sociais-revisionistas, sociais-fascistas e demais oportunistas que tomaram conta do quartel- general do partido»".

Diário de Notícias

16 de Outubro de 2015

 

Receita para o desastre

"Trazer o PCP e o BE para a esfera do Governo e apagar a fronteira entre «esquerda de governo» e «esquerda de protesto» pode ser uma receita para o desastre. Do PS".

Vital Moreira

Visão, 15 a 21 de Outubro de 2015

 

Portugal falido

"Varoufakis diz que Portugal está tão falido como a Grécia. O antigo ministro das Finanças greco diz que a dívida portuguesa, pública e privada, é tão insustentável como a grega".

Público

16 de Outubro de 2015

 

Derrota de Cavaco e de Soares

"Afinal, uma aliança do PS com o PCP, assuma ela os contornos que assumir, contraria a prática de toda a vida política de Soares em democracia. Uma derrota apenas equivalente a essa outra ironia da história que seria, ou será, o facto de Cavaco Silva sair de Belém com o Governo entregue a uma maioria de esquerda".

Sol

23 de Outubro de 2015

 

Partidos comunistas no poder

"Em 100 anos, nunca vi um partido comunista no poder que governasse com eleições livres com partidos políticos, com liberdade de expressão, sem exilados, sem presos políticos".

António Barreto

RTP3

 

"Ao contrário do que afirma António Barreto, a verdade é que há vários exemplos de partidos comunistas no poder que governaram «com eleições, com partidos políticos, com liberdade de expressão, sem exilados, sem presos políticos»".

Paulo Pena

Público

23 de Outubro de 2015

 

Armas químicas

"O autoproclamado Estado Islâmico (ISIS, na sigla inglesa) - que, em Junho de 2014, anunciou a instalação de um califado islâmico no Iraque e na Síria - «está a desenvolver e a utilizar armas químicas» nesses dois países. A informação foi avançada por um oficial da Administração norte-americana à BBC".

Jornal i

12 de Setembro de 2015

 

Más práticas

"O Banco Central Europeu (BCE) criou um canal confidencial para denunciar de forma anónima através da Internet possíveis más práticas no sector bancário como marco da sua nova actuação como supervisor da banca europeia".

El País

15 de Setembro de 2015

 

Armas contra refugiados

"Budapeste põe militares em campo para travar os refugiados. Organização dos Direitos Humanos denuncia como humilhante o tratamento que os refugiados estão a receber na Hungria, detidos pela polícia ao atravessarem a fronteira. Refugiados em campos com cercas de arame farpado patrulhados por cães-polícia. «São encurraladas aqui e estão a sofrer, expostas às duras condições meteorológicas. Vemos crianças por todo o lado a desmaiar de absoluta exaustão»".

Jornal i

11 de Setembro de 2015

 

Paraísos fiscais

"Na sequência do Lux Leaks, o Parlamento Europeu organizou uma comissão especial chamada TAX, que está a investigar a situação fiscal europeia. Visitámos os suspeitos habituais - Luxemburgo, Holanda; Bélgica, Irlanda, Reino Unido e Suíça - e concluímos que no Luxemburgo é um exagero, mas a prática (de celebração dos acordos fiscais especiais) está generalizada, pelo menos em todos estes países".

Elisa Ferreira

Diário de Notícias

26 de Outubro de 2015

 

Queres ser eleita? Despe-te

"A infame capa da Joana Amaral Dias desnuda não é libertária e não coloca a nu os preconceitos dos outros. Coloca a nu o oportunismo, a hipocrisia - reforçada pela utilização do prime time para «defesa» - e a concepção utilitário - eleitoralista do nu, da gravidez, do feminismo, da paridade, da Joana Amaral Dias... Num acto egocêntrico sem par, a troco de protagonismo e votos, sem lealdade para com os camaradas e nitidamente a tentar fazer de todos nós, seus putativos eleitores, parvos, é vê-la, valente, a dar tudo a um mês das legislativas".

Marta Rebelo

Diário de Notícias

8 de Setembro de 2015

 

Carros falsificados

"O Grupo Volkswagen vendeu 9,9 milhões de veículos ligeiros de passageiros no ano passado e tornou-se a primeira fabricante europeia a liderar o ranking mundial. Estes números poderão representar uma verdadeira dor de cabeça para quem comprou veículos desta marca depois da fabricante alemã ter admitido ter usado um dispositivo para "manipular" emissões poluentes...em dois dias, a fabricante de automóveis perdeu 24,5 mil milhões de euros de valor".

i

23 de Setembro de 2015

 

Seguro como primeiro-ministro

"Há sempre gente que gostaria mais de Seguro candidato a primeiro-ministro, como eu também teria gostado mais de Seguro candidato a primeiro-ministro".

Eurico Brilhante Dias

i

23 de Setembro de 2015

 

Cavaco ameaçador

"O que surpreendeu no discurso que ontem à noite Cavaco fez aos portugueses foi acompanhar a sua decisão (indigitação de Passos Coelho como primeiro-,ministro) de um autêntico apelo à rebelião dos parlamentares do PS, lembrando que «é aos deputados que cabe decidir, em consciência e tendo em conta os superiores interesses de Portugal». Numa intervenção profundamente ideológica e com momentos alarmistas, como quando invoca a quebra de confiança dos credores e dos mercados, se for nomeado um governo de esquerda, Cavaco deixa no ar um cenário de recusa de uma solução liderada por António Costa, ainda que ela resulte de uma maioria sufragada no Parlamento. Um cenário muito complicado e contraditório com o poder dos deputados que antes invocara".

Público

23 de Outubro de 2015

 

Ensino artístico

"O Ministério da Educação garante que não reduziu o financiamento para o ensino artístico mas a mudança nas regras de apoio (agora só suportado pelo Orçamento de Estado) levou a cortes no número de alunos financiados apanhando de surpresa famílias e escolas privadas de música e dança a poucos dias do início do ano lectivo".

Expresso

12 de Setembro de 2015

 

Novo líder Trabalhista

"«As pessoas estão fartas da injustiça e da desigualdade no Reino Unido. Não temos de ser desiguais, não tem de haver injustiça, a pobreza não é inevitável», disse Jeremy Corbyn, novo líder do Partido Trabalhista inglês. Impostos mais altos para os mais ricos, renacionalização dos Caminhos-de-ferro e das Empresas de Energia, saída dos privados do Serviço Nacional de Saúde, reposição de apoios sociais, controlo das rendas de casa e fim da autonomia das escolas são algumas das propostas que fez. Moderou a oposição à presença na NATO e já não defende a saída mas uma participação mais restrita".

Público

13 de Setembro de 2015

 

Propinas mais altas na Europa

"As propinas mais altas estão nas Universidades portuguesas. A conclusão é do Relatório Eurydíce que analisa sobretudo os gastos com licenciaturas, mas também com Mestrados e Mestrados Integrados".

i

22 de Outubro de 2015

 

Nós ou o caos

"O resultado das eleições já destruiu vários mitos. Esta fase que estamos a viver prepara-se para deitar por terra outras tantas patranhas de propaganda para totós: «nós ou o caos», entenda-se a direita e os putativos amigos da dita instalados no PS, o «PREC» como espectro cavaleiro do Apocalipse e a esquerda incapaz de se entender e, quase me esquecia, da mais engraçada, a flotilha da NATO. De repente o verniz estalou, e uma apreciável e diversificada plateia de enjeitados democratas arranca os cabelos e deita mão ao arsenal, antigo de dezenas de anos, da Guerra Fria, o medo e o caos prestes a acontecer... Enfim, nesta linha, trágica e cómica, o próprio António Barreto, desvairado, veio dizer que entre credores e comunistas prefere os primeiros, pois sabe que não sairá vivo dos segundos".

Artur Pereira

Público

22 de Outubro de 2015

 

Blair e o Estado Islâmico

"O antigo Primeiro-Ministro britânico Tony Blair admitiu ontem, pela primeira vez, ter havido uma série de «erros» na invasão do Iraque em 2003 e que, de algum modo, a operação militar que levou à queda do regime ditatorial de Saddam Hussein não deixou de influenciar a «situação» em 2015. Blair reconheceu que as «informações fornecidas pelos serviços secretos» se revelaram «falsas» ou não correspondiam à dimensão real do programa de armas químicas do regime da Saddam. ... «Esses erros de algum modo, são parte do conjunto de factores que levaram ao aparecimento e crescimento do Estado Islâmico», afirmou Blair num tom algo contricto".

Diário de Notícias

26 de Outubro de 2015

Ver todos os textos de REVISTA SEARA NOVA