Seara Nova e os Valores Democráticos

O movimento seareiro, concretizado com o lançamento da revista Seara Nova em 15 de Outubro de 1921, foi precedido de um conjunto de reuniões, uma das quais decisiva para o arranque do projecto realizado em Abril desse ano, com a participação de Teixeira de Pascoaes, Raúl Proença (primeiro director), Câmara Reis, Aquilino Ribeiro, Raúl Brandão, Faria de Vasconcelos e Jaime Cortesão.

"Neste ano em que se comemoram 45 anos da Revolução de Abril não é demais realçar a importância da democracia, da liberdade e do direito à livre escolha democrática, através do voto."